O Pulo do Gato Preto: Estudo de Três Dimensões Educacionais das Artes-caminhos Marciais em Uma Linhagem de Capoeira Angola

Por: Fabio Jose Cardias Gomes.

2012 18/05/2012

Send to Kindle


Resumo

O presente trabalho objetivou compreender três dimensões educativas marciais a partir da trajetória de pessoas praticantes formadas mestre e contramestre na linhagem de capoeira angola de Mestre Gato Preto. Além da revisão da literatura sobre os estudos teóricos da capoeira realizou-se entrevista de histórias de vida, iniciou-se a construção da biografia de Mestre Gato e sua escola de capoeira, sistematizou-se três dimensões educativas das artes marciais esparsas na literatura, relacionou-se a capoeira angola com as dimensões imaginário-simbólicas, concebida como prática cultural e expressão artística, marcial. Observou-se que há diversas maneiras de se posicionar quanto a prática e referencial teórico da capoeira. Compartilhei da posição que o seu surgimento deu-se devido à necessidade de reação e reafirmação humanística de uma classe social oprimida. A posicionei como arte marcial sem ferir a sua multidimensionalidade. As três dimensões marciais estudadas foram: técnica, ética e mito-poética, também percebidas em outras tradições culturais marciais, potentes às preocupações educativas, e mais que utilitárias, inerentes à lógica das mesmas. Algumas pesquisas e ensaios já aproximam culturas marciais diferentes e iniciam o estudo das artes marciais comparadas. É partir dos autores japoneses, or exemplo, que o conceito mais básico das artes marciais nipônicas, ou seja: ShuHaRi imitar-romper-transcender, disponível como elemento teórico não encontrado na literatura brasileira, inspirou a concepção do modelo proposto TEMPO. Situei a capoeira também como do campo do folclore, pois que, capoeira envolve a renovação das tradições, sem perder as raízes. Apresentei João Gabriel Góes de São Brás, e sua trajetória como mestre capoeira. Os caminhos teóricometodológicos envolvidos nesta pesquisa foram coleta de dados com entrevista de história de vida entre discípulos formados com relação à sua trajetória de vida no estilo. As entrevistas foram realizadas na Bahia e em São Paulo. Os resultados e análises dos dados apontam e ilustram as três dimensões pedagógicas da formação em capoeira das pessoas envolvidas na transmissão dos ensinamentos de Gato. Evidencia-se a importância da oralidade, maestria, discipulado, e, portanto, da ancestralidade presentes na capoeira como modo de educação não formal, além dos muros da escola. Seu conteúdo técnico, ético e mito-poético que se observou na constituição do estilo em estudo a posiciona como o seu maior patrimônio cultural, com base na oralidade.

Endereço: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/48/48134/tde-18072012-152109/pt-br.php

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2017 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.