O Que Podem as Torcedoras no Futebol? Gênero, Clubismo e Identidade na Cultura Torcedora

Por: Kerzia Railane Santos Silva e .

XXI Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte e VIII CONICE - CONBRACE

Send to Kindle


Resumo

INTRODUÇÃO

No Brasil, a cultura torcedora é marcada pela predominância de uma masculinidade agressiva. As torcidas organizadas são espaços em que os homens são predominantes, de modo que invisibilizam a presença das mulheres, embora estejam presentes. Conforme levantamento de Medeiros e Hollanda (2016), em 2014, entre os torcedores organizados, 9% são mulheres, no RJ, e 13,9% em SP. Essa predominância dos homens justifica a ausência das mulheres nas narrativas sobre a cultura torcedora brasileira e a identidade clubística, de modo que o perfil atribuído ao torcedor é masculino, mesmo não sendo generificado.

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.