O Recreio de Escolas Publicas: Retratos do Abandono Desportivo. Leandro Bernardes Freire

Por: Edmilson Santos dos Santos, Leandro Bernardes Freire e Marco Antônio Vargas Gregis.

VII Congresso de Educação Física e Ciências do Desporto dos Países de Língua Portuguesa

Send to Kindle


Resumo

O recreio é o espaço privilegiado para que as crianças vivenciem todas as suas potencialidades e necessidades desportivas de lazer. Este estudo teve como objetivo identificar as diferentes formas de convívio e sociabilização em nove escolas da rede pública de ensino do Estado do Rio Grande do sul. Para tanto, foi feita uma pesquisa do tipo exploratória. O registro desse cotidiano foi feito através da fotografia. Foram tiradas 216 fotografias. Cada cotidiano foi fotografados em dois dias diferentes. Para análise e interpretação dos textos, foi feito um diagrama das relações espaciais. Apesar do aparente caos algumas regularidades podem ser percebidas nesse contexto. O território é regrado de forma a garantir que alguns tenham suas possibilidades desportivas potencializadas enquanto que outros, apenas aprendem a assumir um papel de passividade. Nos diferentes quadros retratados nas fotos, é possível interpretar uma distribuição desigual dos corpos no espaço. As relações de poder estabelecidas no recreio entre os corpos mais fracos, menores, gordos, mais novos e das meninas e os mais fortes, maiores, velhos, violentos e dos meninos têm colocado os primeiros em desvantagem no acesso à prática desportiva de lazer. Percebemos que esses recreios são espaços de abando pedagógico. São os territórios onde as crianças estão livres dos professores mas não libertos das relações de opressão de seus colegas. Consequentemente, a escola é apenas uma extensão daqueles espaços onde as relações de poder estabelecidas impedem a criação de contextos mais justos e solidários no âmbito do desporto. Portanto, o livre e o lúdico não são expressões de um mesmo quadro.

Tags: ,

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.