O Sensível e o Inteligível: Novos Olhares Sobre o Corpo,

Por: .

1990 00/00/0000

Send to Kindle


Resumo

Apresenta uma análise da motricidade humana com o objetivo de mostrar a co-existência do sensível e do inteligível nas atividades motoras e argumentar contra os dualismos que envolvem corpo, mente, alma, espirito. A partir do pressuposto que as açöes corporais säo sintéticas, realiza 3 experimentos com crianças desenvolvendo atividades motoras, onde filma, descreve e interpreta a açäo de cada sujeito de acordo com o método de análise qualitativa da estrutura do fenômeno situado, como proposto por J. Martins e M. A. V. Bicudo (1989). Os sujeitos frequentam a Escolinha de Esportes da Faculdade de Educaçäo Fisica da Unicamp - Säo Paulo. O 1§ experimento envolve a observaçäo das igualdades e diferenças em 8 crianças chutando a gol num jogo de futebol, o 2§ experimento compreende a análise de 13 sujeitos reproduzindo um movimento de capoeira chamado A. V.; no 3§ experimento, 25 crianças, aparentemente em desordem, conseguem realizar uma brincadeira complexa e que exige organizaçäo coletiva. Constata nos 3 experimentos a con-fusäo entre o sensível e o inteligível, entre o fazer e o compreender, entre a natureza e o espirito. Conclui que o corpo é uma totalidade sistêmica, integrado por todas as entidades que nomeamos e hierarquizamos e que näo é possível compreender a condiçäo humana a partir de reducionismos, mas sim através de uma visäo desta totalidade (AU)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.