O Sentido de Aluno-criança no Imaginário de Alunos Mestres

Por: .

125 páginas. 1994 00/00/0000

Send to Kindle


Resumo

O presente estudo, de natureza qualitativa, está inserido na linha de pesquisa Imaginário Social e Atividades Corporais desenvolvida no Mestrado em Educação Física da Universidade Gama Filho. O objetivo da pesquisa foi identificar a representação que futuros professores de Educação Física têm das crianças de escolas públicas. O estudo foi desenvolvido a partir dos depoimentos de alunos-mestres durante suas primeiras experiências de prática de ensino numa escola da rede municipal do Rio de Janeiro, bem como o registro da observação das relações formais e informais dos estagiários no contexto da prática de ensino. Utilizamos a técnica de análise de discurso desenvolvida por Orlandi (1988) para a interpretação do imaginário dos estagiários, a partir da análise das marcas discursivas que foram sendo reveladas nos depoimentos. Dos elementos constituintes do imaginário dos futuros professores foi possível destacar, a título de considerações finais, que há a permanência de representações de criança ideal legitimando o pré-julgamento, a comparação e o estigma dos alunos que não correspondem às características de um modelo idealizado; ficaram evidenciadas formações imaginárias de desvalorização da escola pública, enquanto espaço que sucumbiu à sua própria profanação e à perda de seus referenciais simbólicos, assim como a indefinição do sentido da Educação Física para a formação da criança; finalizando, ficou evidenciado também o não reconhecimento e a não valorização social do magistério.

Endereço: http://www.nuteses.temp.ufu.br/tde_busca/processaPesquisa.php?pesqExecutada=2&id=673&listaDetalhes%5B%5D=673&processar=Processar

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.