O Sentido da Atividade Física na Terceira Idade

Por: Elen Salas Furtado.

158 páginas. 1996 28/08/1996

Send to Kindle


Resumo

No momento em que nos aproximamos do terceiro milênio, vivenciamos grandes transformações de ordem científica, tecnológica e sócio-cultural. Associadas a estas transformações, estamos assitindo o crescimento da população de idosos e, melhor do que isto, a redefinição do papel social do idoso provocada pela mudança do estilo de vida. A questão do envelhecimento atinge a todos, não só porque caminhamos também para o envelhecimento, mas também pela carência de informações sobre os vários aspectos da vida dos idosos. Neste estudo procuramos identificar de forma abrangente, qual era a visão do idoso em relação à prática de atividade física, e traçar um paralelo entre os aspectos e elementos inerentes a Terceira Idade tratados nas diferentes áreas de conhecimento, considerando, em especial, as transformações sociais, psicológicas e físicas decorrentes do processo de envelhecimento. Procuramos realizar um estudo multidisciplinar, visando a saúde do idoso e destacando, a partir da revisão da literatura, as categorias centrais observadas no grupo estudado. De acordo com o objetivo geral do trabalho, verificamos que a atividade física para os idosos é vista como um meio prazeroso de prevenir e de manter a saúde e que, a auto confiança é atingida a partir de programas adequados de atividade física que favoreçam o organismo e contribuam para a manutenção da autonomia. Associados a estes fatos, está a integração social que colabora para a preservação da auto-estima e influência diretamente a qualidade de vida do idoso.

Endereço: http://www.nuteses.temp.ufu.br/tde_busca/processaPesquisa.php?pesqExecutada=2&id=674&listaDetalhes%5B%5D=674&processar=Processar

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.