O Setor de Saúde e a EAD

Por: e Silvia Helena Cardoso.

Educação a Distância: o Estado da Arte (II).

Send to Kindle


Resumo

Introdução
A educação profi ssional em saúde ministrada de maneira tradicional está em crise em todo o mundo, principalmente no Brasil, por diversos motivos, entre os quais uma crise de identidade e de objetivos, a avalanche inexorável de informação gerada pelo progresso científi co (e que inviabiliza muitos modelos clássicos de ensino), e a persistência de metodologias didático--pedagógicas obsoletas e inefi cazes, em grande descompasso com a realidade atual, permeada de alta tecnologia (Sabbatini, 2002). O professor da Faculdade de Medicina da Universidade Harvard Octo G. Barnett (1995) denominou “doença da educação médica” a esse preocupante conjunto de sinais. Entre as inúmeras tentativas de reformar e revolucionar o ensino em saúde, o uso maciço de tecnologia assume grande preponderância, exigindo uma capacitação para seu uso efetivo e constante, tanto do professor quanto do estudante. Entre as novas tecnologias de informação e comunicação (TICs), a Internet e a educação a distância (EAD) representam essa revolução. Tentaremos demonstrar ao longo deste capítulo como a aplicação de ambas poderá oferecer boas soluções para os problemas atuais e alterar dramaticamente para melhor esse cenário nos próximos anos.
 

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2018 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.