O Significado da Atividade Física Para o Idoso: Um Estudo Fenomenológico

Por: Silene Sumire Okuma.

376 páginas. 1997 00/00/0000

Send to Kindle


Resumo

Busquei, neste estudo, compreender o significado da experiencia da atividade fisica para o idoso, a partir do enfoque fenomenologico. A fenomenologia, enquanto metodo de um discurso filosofico, busca apreender a experiencia cotidiana do homem, do modo como ela e vivenciada. Atraves da Analise da Estrutura do Fenomeno Situado, uma modalidade de pesquisa fenomenologica, interroguei o fenomeno "o significado da atividade fisica para o idoso", buscando captar sua essencia, de modo a tornar visivel o que estava oculto. Situei-me na minha regiao de inquerito, que e a educacao fisica e mergulhei na intensidade desta experiencia vivenciada por um grupo de doze idosos, com mais de 60 anos, de modo a compreender o significado dessa experiencia e poder descreve-la. A pesquisa se desenvolveu no Programa para a Autonomia da Atividade Fisica, da EEFEUSP, ao longo de 18 meses, programa que tem como objetivo ensinar o idoso a fazer atividade fisica, visando seu auto-cuidado. Por meio de entrevistas, registrei as descricoes das experiencias vividas pelos idosos, nas quais diversos aspectos emergiram, confirmando a importancia da atividade fisica, como: recurso para lidarem com eventos de vida, possibilidade de convivencia com seus pares, meio de auto-valorizacao e atualizacao, recurso para melhorarem a saude e a capacidade funcional, favorecendo a interacao idoso-ambiente. Aspectos estes que corroboram resultados de estudos empiricos. No entanto, o resultado das vivencias individuais ultrapassou tais aspectos, desvelando outros, comumente nao observados no cotidiano profissional que trabalha com o idoso, que se referem as transformacos na dimensao existencial. Isto significou mudancas essenciais no modo dos idosos serem, nas relacoes com o outro e com o mundo; na abertura de novas perspectivas existenciais e na ampliacao de horizontes, que se fizeram a partir da auto-descoberta corporal e do desenvolvimento do sentido de Ser. Tais transformacoes resultaram num novo modo de estar-no-mundo e na compreensao da propria velhice como um momento de vida a ser vivido intensa e prazerosamente, modificando conceitos estereotipados internalizados sobre o que e ser velho e envelhecer. Desvelou-se, tambem, que para essas transformacoes ocorrerem e necessario uma acao pedagogica, que possibilite ao idoso se envolver com o proprio Ser, o que parece se dar especialmente, a partir do modo como o professor se relaciona com ele. 

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.