O Significado das Mudanças Percebidas nas Capacidades Físico-motoras Para Idosos, Resultantes da Participação Num Programa Supervisionado de Educação Física

Por: Ana Maria Cavalcanti Lefèvre, Ericka Sant’ana Federici Trancoso, Letícia Silva do Nascimento e Silene Sumire Okuma.

XI Congresso de Educação Física e Ciências do Desporto dos Países de Língua Portuguesa

Send to Kindle


Resumo

Introdução:A velhice é um período da vida marcado por profundas transformações.
Habitualmente, os profissionais da área da saúde o vêem sob a ótica estrita das
perdas. Contudo, investir no desenvolvimento das potencialidades inerentes ao ser
humano, apesar das suas perdas e limitações, deveria ser o foco das intervenções na
área da Educação Física, direcionadas aos idosos. Pautado neste conceito é que se
desenvolveu este estudo cujo objetivo foi o de conhecer o significado das mudanças
percebidas nas capacidades físico-motoras para idosos, resultantes da participação
no programa supervisionado de educação física. Material e Método: Participaram
do estudo, de caráter qualitativo, 20 idosos (64,95 ± 4,95 anos), vinculados ao PAAF
- 2002, programa de extensão universitária da EEFE-USP, que foram avaliados ao
seu final, por meio de entrevistas individuais e semi-estruturadas. Os dados foram
analisados através da técnica do Discurso do Sujeito Coletivo, que tem seus alicerces
na teoria da representação social, que em síntese postula que as pessoas compartilham
seus discursos socialmente. Empregaram-se as figuras metodológicas de expressõeschave (ECH), idéia central (IC) e discurso do sujeito coletivo (DSC). Resultados:
Estes apontam que o significado das mudanças percebidas nas capacidades físicomotoras para os sujeitos se deu em sete temas de discurso: 1) melhora da capacidade
físico-motora e funcional; 2) ampliação do conhecimento de si; 3) mudança da visão
de ser velho e envelhecer; 4) melhora da saúde; 5) importância do trabalho em
grupo; 6) melhora do bem-estar subjetivo; e 7) intenção de prática de atividade física
permanente. Conclusão. As representações dos idosos acerca do significado das
mudanças nas capacidades físico-motoras estabelecem relações complexas com as
diferentes dimensões do comportamento humano e, revelam, o sentido que a prática
de atividade física assume no cotidiano destes indivíduos. Diante de uma perspectiva
macro de entendimento, há a transcendência da dimensão física da existência, já que
as mudanças se operam, concomitantemente, nos aspectos psicossociais e cognitivos.
Estas são expressas pelas repercussões das melhoras observadas no cotidiano do
idoso, seja para a realização de atividades básicas ou, instrumentais ao viver e, que o
guiam a se perceber com ser ativo no seu processo de envelhecer.

Endereço: http://citrus.uspnet.usp.br/eef/uploads/arquivo/62_Anais_p235.pdf

Tags: ,

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.