O Soft Power do Brasil e a Cobertura da Mídia Internacional da Copa do Mundo da Fifa 2014

Por: Diego Gutierrez e .

Licere - v.21 - n.2 - 2018

Send to Kindle


Resumo

Este artigo tem como objetivo apresentar uma reflexão sobre o impacto que a realização da Copa do Mundo da FIFA de 2014 pode ter sobre o Soft Power do Brasil em suas relações internacionais. Para tanto, desenvolveu-se a definição de Soft Power associando-a aos megaeventos esportivos. Pesquisou-se nove veículos de imprensa internacional em três idiomas diferentes (BBC, CNN, The Guardian, The New York Times, Daily Mail, Le Monde, Le Figaro, El Pais, El Mundo). Analisou-se e categorizou-se 699 reportagens em seis grandes temas geradores: infraestrutura, indicadores sociais, cultura, futebol, viabilidade da Copa, cenas do cotidiano. Conclui-se que a realização da Copa do Mundo FIFA de 2014 teve efeitos positivos nas áreas do espetáculo esportivo e da cultura brasileira voltada ao turismo, e efeitos negativos nas áreas: política (como o Estado trata os cidadãos nas manifestações políticas), sociais (saneamento básico, educação, saúde) e estruturais (brasis dos extremos).

Endereço: https://seer.ufmg.br/index.php/licere/article/view/11768

Tags: ,

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.