O Tao da Educação: a Filosofia Oriental na Escola Ocidental.

Por: Luzia Lima.

X Congresso de Educação Física e Ciências do Desporto dos Países de Língua Portuguesa

Send to Kindle


Resumo

Esta comunicação em pôster descreve um estudo de doutoramento desenvolvido na Faculdade de Educação e de Educação Física da Unicamp/SP, defendido em 1999 ("Caminhando para uma nova(?) consciência: uma experiência de introdução da Arte Marcial na Educação") e publicado, em 2000, pela Ed. Agora/SP, sob o mesmo título deste pôster: "O Tao da Educação". O estudo traçou correlações entre o pensamento chinês, a ecologia profunda e a ciência da motricidade humana, enfocando as contribuições daquela abordagem oriental para a escola brasileira. Na pesquisa de campo, objetivou- se verificar o impacto da aprendizagem da filosofia e da prática da arte marcial e terapêutica chinesa, numa 5ª série de uma escola pública de periferia, comparando grupos experimental e de controle. Em 2004, o livro e a tese serviram de fundamentação para um projeto implantado pela Secretaria de Educação do Governo do Estado de São Paulo, no Brasil. Cerca de 200 mil professores serão capacitados a utilizar o Lien Chi, uma ginástica chinesa, em suas aulas, visando a diminuição do comportamento agressivo e o alívio do stress. A autora, agora residente em Portugal, assessora esporadicamente o projeto. Material e métodos: Após estudo piloto, a pesquisa foi desenvolvida durante 1 ano letivo.

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.