O Tempo Livre dos Trabalhadores de Uma IndÚstria MetalÚrgica da Cidade de Castro e Sua RelaÇÃo com a Qualidade de Vida no Trabalho.

Por: e Marcelo Rugisk.

Conexões - v.3 - n.2 - 2005

Send to Kindle


Resumo

A presente pesquisa teve como objetivo discutir o tempo livre dos trabalhadores de uma indústria metalúrgica da Cidade de Castro, região centro sul do Paraná (Brasil). Trata-se de um levantamento que utilizou o questionário para a coleta de dados. O referencial teórico que norteou as discussões sobre o tempo livre baseou-se na teoria de Norbert Elias e Eric Dunning e para as discussões sobre a Qualidade de Vida no Trabalho foram utilizados as proposta de Limongi-França e o modelo teórico proposto por Walton. Constatou-se que no tempo livre dos referidos trabalhadores ocorre um predomínio das atividades rotineiras pouco prazerosas em relação às típicas atividades de lazer. Conclui-se que entre as ações que buscam a Qualidade de Vida no Trabalho, várias atividades têm estreita relação com o tempo livre dos trabalhadores. Palavras-Chave : Qualidade de Vida; Qualidade de vida no trabalho; Tempo livre.

Endereço: http://www.unicamp.br/fef/publicacoes/conexoes/v3n2/ArtigoMarcelo.pdf

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.