O Universo Lúdico e as Responsabilidades Sociais

Por: Paulo de Salles Oliveira.

V Encontro de História do Esporte, Lazer e Educação Física - CHELEF

Send to Kindle


Resumo

A vida societária, mesmo num universo tão fragmentado e, muitas vezes, individualista como o da sociedade contemporânea, não deixa de ser uma experiência coletiva, vivida em comum com os outros. Não é certamente pautada pela uniformidade e sim mediada por muitas diferenças, interesses opostos e contrastes nada desprezíveis. E que a vida social, ao mesmo tempo em que precisa de normas capazes de ordená-la e torná-la possível, limitando o desconhecido e reduzindo a imprevisibilidade, comporta simultaneamente restrições à liberdade de ação. Isto quer dizer que as normas, mesmo quando aprovadas pela sociedade ou por seus representantes eleitos, podem implicar sofrimento, redução de espaço individual ou privação. Exemplo: a maior parte da população da cidade de São Paulo aprova o controle da poluição, acata o rodízio de veículos, mas sofre quando tem que usar o transporte coletivo, bastante precário

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.