O Valor da Intervenção da Fonoaudiomotricidade, Para Crianças de ,5 a 7 Anos de Idade, Que Apresentam Dificuldade na Aquisição da Linguagem ,escrita, Expressa na Conduta Grafo-motora

Por: Ana Cristina Marques Trindade de Almeida.

230 páginas. 2007

Send to Kindle


Resumo

A essência do problema que originou este estudo foi a dificuldade que algumas crianças, de ambos os sexos, na idade de 5 a 7 anos, pertencentes aos períodos final da educação infantil e inicial do ensino fundamental, estudantes da Escola Municipal Machado de Assis, de gestão pública, localizada no bairro de Santa Teresa, no Município do Rio de Janeiro, apresentam na aquisição da linguagem escrita manifestada por uma conduta e comportamento grafo - motores inadequados. Adotou-se como objetivo geral a elaboração de uma fundamentação teórica, com exemplos práticos, acerca de um constructo epistemológico de natureza exclusiva da linguagem, no âmbito da fonoaudiomotricidade, em uma perspectiva humanizada; com o propósito de servir de referência para o planejamento, execução e avaliação de uma intervenção voltada para minimizar o problema da dificuldade que algumas crianças apresentam na aquisição da linguagem escrita, manifestada por uma conduta e comportamentos grafo - motores inadequados. A metodologia utilizada foi a fenomenológica proposta por Husserl (1990) substituindo-se a terceira etapa do método pela reflexão ontognoseológica proposta por Reale (2004). Para se assegurar a consecução do objetivo geral, foi desenvolvida uma fundamentação teórica que serviu para a consecução dos objetivos específicos com base nos seguintes autores: Sears e Feldman (1981), Rappaport (1981), Winnicott (1982), Cappelletti (1985), Condemarín e Chadwick (1987), Johnson & Myklebust (1987), Barros (1987), Reale (1988), Luria (1988), Ajuriaguerra (1988), Freire (1989), De Meur & Staes (1989), Le Boulch (1987, 1990), Merleau-Ponty (1990), Teles (1990), Berberian (1995), Lofiego (1995), Krebs (1996), Seber (1997), Murdoch (1997), Lima (1997), Fonseca (1998), Gesell (1999), Berberian & Massi (1999), Oliveira (1999), Beresford (1999, 2000), Papalia & Olds (2000), CID10 (2000), Felipe (2001), Oliveira (2002), Capovilla, Macedo & Charin (2002), Acosta & col. (2003), Bee (2003), Gallahue e Ozmun (2003), Carvalho & Guimarães (2003), Valle & Guzzo (2004), Zorzi & Hage (2004), Gomes (2005), Munhoz (2006) e CFFª (2004, 2006). Os objetivos específicos buscaram desenvolver uma compreensão axiológica acerca do objeto formal; uma compreensão fenomenológica acerca do objeto prático, uma explicação fenomênica das estruturas anatômicas, fisiológicas e neurofisiológicas que interferem no processo de aquisição da conduta grafo motora, e por último, a ordenação axiológica acerca de uma intervenção de fonoaudiomotricidade. Os objetivos específicos foram norteados por uma hipótese ,central, a qual foi comprovada pelos critérios propostos por Dória (1965). Concluiu-se que: O objetivo geral e propósito deste estudo foram assegurados, pois o pensamento fenomenológico e axiológico existencial transubjetivo serviu de base para a elaboração de um constructo epistemológico de natureza exclusiva da linguagem, no âmbito da fonoaudiomotricidade, em uma perspectiva humanizada. O presente estudo foi inserido no contexto de Ciência da Motricidade Humana, interpretado na Universidade Castelo Branco, no Programa Stricto Sensu, na área de concentração da Dimensão Sócio- Histórica da Motricidade Humana, junto ao constructo epistemológico fenomenológico, da linha de pesquisa dos Aspectos Filosóficos e Sociais da Motricidade Humana no projeto de pesquisa Valores Humanos na Corporeidade e na Motricidade.

Endereço: http://www.nuteses.temp.ufu.br/tde_busca/processaPesquisa.php?pesqExecutada=2&id=2467&listaDetalhes%5B%5D=2467&processar=Processar

Tags:

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.