O Xaxado Como Dança Dionisíaca a Partir da Filosofia Nietzscheana

Por: Mauricio Fidelis e Rafael Valladão.

Motriz - v.17 - n.2 - 2011

Send to Kindle


Resumo

Tendo como referencial teórico as obras do filósofo alemão Friedrich Nietzsche, o objetivo deste  artigo foi promover uma discussão, sobre como o modelo apolíneo e dionisíaco e o super-homem, se 
relacionam com o xaxado, proveniente do cangaço. Nesta perspectiva o artigo se divide em duas partes: na  primeira, discute temas inerentes à filosofia nietzscheana como transvaloração, super-homem, modelos  apolíneos e dionisíacos; na segunda apresenta a alegoria do xaxado como dança dionisíaca, e como este  pode ser uma possibilidade para o surgimento do super-homem. Que criaria seus próprios valores, de  acordo com sua vontade de potência, seu sentimento de poder. 

Endereço: http://www.periodicos.rc.biblioteca.unesp.br/index.php/motriz/article/view/1980-6574.2011v17n2p274/pdf_78

Tags: ,

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.