Obesidade Abdominal e Fatores de Risco à Saúde em Adultos Jovens

Por: Ana Maria de Carvalho Albuquerque Melo, Florisbela de Arruda Câmara e S. Campos, e Maria José de Carvalho Costa.

Revista Brasileira de Nutrição Clínica - v.20 - n.1 - 2005

Send to Kindle


.Resumo

Introdução: A obesidade é hoje considerada pela Organização Mundial da Saúde como uma pandemia. Sua etiologia envolve aspectos genéticos e ambientais que desafiam a investigação clínica moderna. A obesidade abdominal tem sido mais relacionada, a fatores de risco cardiovascular e diabetes tipo dois do que a gordura total ou o valor do Índice de Massa Corporal. Objetivo: O objetivo da presente revisão é apresentar resultados de estudos que tenham revelado a forte interrelação entre obesidade, em especial a central, com riscos à saúde em adultos jovens. A incidência cada vez maior de crianças e adolescentes, com sobrepeso e obesos, sugere que a porcentagem da população de adultos em risco para doenças cardiovasculares e diabetes mellitus tipo 2 aumentará nos próximos anos. O desenvolvimento de estratégias para a promoção continuada de estilo de vida saudável, e o controle do ganho de peso durante a infância e adolescência, podem modificar o nível de fatores de risco à saúde na vida adulta, especialmente entre os jovens.

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2021 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.