Obesidade, Controle do Apetite e Exercício Físico

Por: Eduardo Seixas Prado, Lorena Almeida de Melo e Rosemeire Dantas de Almeida.

Revista Brasileira de Ciência & Movimento - v.16 - n.2 - 2008

Send to Kindle


Resumo

Estudos sobre obesidade têm demonstrado mecanismos que envolvem hormônios provenientes dos adipócitos e do trato gastrointestinal para o controle da fome, assim como, a relação desses reguladores com a prática de exercício e/ou treinamento físico. Esta revisão aborda o efeito dos principais reguladores de apetite, descrevendo suas relações com diversos tipos de exercício físico e/ou treinamento físico. A leptina parece regular a fome a longo prazo e responder ao exercício físico prolongado mais do que a adiponectina. Existem poucos estudos que investigam os efeitos do exercício e/ou treinamento físico sobre os níveis de grelina e PYY3-36. Hormônios do tecido adiposo e gastrointestinais promovem uma série de eventos regulatórios do apetite, mas precisam ser mais estudados quando relacionados à prática de exercícios e/ou treinamentos físicos.

Endereço: http://portalrevistas.ucb.br/index.php/RBCM/article/view/820

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.