Reprodutibilidade de respostas na validação de um protocolo do nível de conhecimento tático declarativo no handebol

Por: Everton Botelho Sougey, e .

Revista Brasileira do Esporte Coletivo - v.1 - n.1 - 2017

Send to Kindle


Resumo

Objetivo: O objetivo desse estudo foi reproduzir as mesmas respostas de um grupo de atletas de alto nível (peritos) do handebol Brasileiro, na busca da validade de conteúdo de um protocolo do nível de conhecimento tático declarativo (CTD). Método: Por meio de um estudo do tipo explicativo, inferencial, transversal, do tipo caso controle, com amostras por  conveniência, foram avaliadas 32 (trinta e duas) atletas da categoria adulta. Utilizou-se um teste (conjunto de cenas de vídeo) que mede o nível de CTD para respectiva reprodutibilidade. Foi empregado o teste t pareado (p≤0,05) e os dados foram gerados pelo pacote estatístico do SPSS for Windows 17.0, de 2010. O estudo foi aprovado pelo comitê de Ética da Universidade Federal de Pernambuco (protocolo No 94.896 de 14/08/2012), sendo realizado em dezembro de 2015. Resultados: Foi obtida uma boa reprodutibilidade entre as respostas das atletas analisadas no tempo 1 (3,81±1,36) e no tempo 2 (3,22±1,13) com um p≤0,09. Discussão: Neste sentido, identifica-se que o teste e fidedigno para o que se propõe (analise do nível de CTD/percepção e tomada de decisão). Conclusão: A partir da análise realizada nesse estudo, foi obtida uma boa reprodutibilidade das respostas de um grupo de atletas do alto nível do handebol Brasileiro, na
obtenção da validação de conteúdo de um protocolo do nível de conhecimento tático declarativo nessa modalidade.

Referências

ABURACHID, L. M.; GRECO, P. J. Validação de conteúdo de cenas do teste de conhecimento tático no tênis.

Estudos de Psicologia, v. 2, n. 28, p. 261-67, 2010.

AFONSO, J.; GARGANTA, J.; MESQUITA, I. A tomada de decisão no desporto: o papel da atenção, da

antecipação e da memória. Revista Brasileira de Cineantropometria e desempenho humano, v. 14, n. 5, p. 592-

, 2012.

CALDAS, I. S. L.; ALMEIDA, M. B.; MATOS, R. J. B.; VIANA, M. T.; GRECO, P. J.; SOUGEY, E. B. Processos

cognitivos envolvidos na pratica do handebol: Aspectos importantes para formação de atletas de alto rendimento.

Neurobiologia, v. 75, n. 2, p. 91-183, 2012.

CALDAS, I. S. L.; VIANA, M. T.; GRECO, P. J.; SOUGEY, E. B. Construção de um protocolo do nível de

conhecimento tático declarativo no handebol. Revista Mineira de Educação Física, Viçosa – MG, Edição

Especial, v. 9, p. 1108-1114, 2013.

GRECO, P. J.; ABURACHID, L. M. C; SILVA, R. S; MORALES, J. C. P. Validação de conteúdo de ações tático-

técnicas do teste de conhecimento tático processual – orientação Esportiva. Motricidade, v. 10, n. 1, p. 38-48,

GRÉHAIGNE, J. F.; GOUDBOUT, P. Dynamic systems theory and team sport coaching. Quest, v.66, n.1, p.96-

, 2014.

LAKATOS, E. M.; MARCONI, M. A. Metodologia do trabalho cientifico: procedimentos básicos, pesquisa

bibliográfica, projeto e relatório, publicações e trabalhos científicos. 6a. Ed. São Paulo: Atlas, 2011.

MANGAS, C.; GARGANTA, J.; FONSECA, A. M. Construção, validação e aplicação deum protocolo de

conhecimento declarativo no futebol. Revista Portuguesa de Ciências do Desporto, v. 17, n. 1, p. 59, 2007.

MATIAS, C. J. A. S.; GRECO, P. J. Desenvolvimento e validação do teste de conhecimento tático declarativo

para o levantador de voleibol. Revista eletrônica Arquivos em Movimento – UFRJ, v. 5, n. 1, p. 61-80, 2009.

MEMMERT, D.; HUTTERMANN, S.; ORLICZEK, J. Decide like Lionel Messi! The impact of regulatory focus on

divergent thinking in sports. Journal of Applied Social Psychology, v. 43, n.10, p. 2163-2167, 2013.

MENEZES, R.P.; REIS, H.H. B.; FILHO, H.T. Ensino-aprendizagem-treinamento dos elementos técnicos-táticos

defensivos individuais do handebol nas categorias infantil, cadete e juvenil. Movimento, v.21, n.1, p. 261-273,

MICHELINE, M. C.; MARQUES, R. F. R.; SANTANA, W. C.; GUTIERREZ, G. L. Futsal: Tática defensiva

contemporânea e a teoria de ensino dos jogos esportivos coletivos de Claude Bayer. Revista da Faculdade de

Educação Física da Unicamp, v. 10, n. 1, p. 20-27, 2012.PASQUALI, L. Validade de testes psicológicos: será possível reencontrar o caminho. Psicologia: Teoria e

pesquisa, v. 23, p. 99-107, 2007.

PASQUALI, L. Instrumentação psicológica: Fundamentos e pratica. Porto Alegre: Artmed, 2010.

RAMPAZZO, L. Metodologia cientifica: para alunos dos cursos de graduação e pós-graduação. 4a Edição, São

Paulo: Edições Loyola, 2009.

SOUGEY, E. B.; TELLES, A.; CATTUZZO, M. T. Futebol e desenvolvimento infantil: uma abordagem cognitiva.

In: CATTUZZO, M. A.; TANI, G. Leituras em biodinâmica e comportamento motor: conceitos e aplicações. Recife:

Edupe, p. 263-295, 2009.

STERNBERG, R. J. Psicologia cognitiva. Trad. COSTA, RC. Porto Alegre: Artmed, 2008.

THOMAS, J. R.; NELSON, J. K.; SILVERMAN, S. J. Métodos de pesquisa em atividade física. 6a Ed. Porto

Alegre: Artmed, 2012.

Revista Brasileira do esporte coletivo. Ano I. Volume I. 2017

WILLIAMS, A. M.; FORD, P. R. Expertise and expert performance in sport. International Review of Sport and

Exercise Psychology, v. 1, n.1, p. 4-18, 2008.

Endereço: https://periodicos.ufpe.br/revistas/esportecoletivo/article/view/23266

Tags: Nenhuma cadastrada :(

Comentários


:-)





© 1996-2021 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.