Oficina: Espaço de Resistência nas Correlações de Força e Espaço de Liberdade no Universo dos Saberes

Por: Raquel Stela de Sá.

Motrivivência - n.13 - 1999

Send to Kindle


.Resumo

Com este artigo tenho a intenção de discutir a oficina como modalidade enriquecedora do ato educativo. Para isto, inicialmente , apresento como e quando surgiu o Núcleo de Alfabetização Técnica, um grupo de professores e alunos que pretendia trabalhar os diversos tipos de saberes de forma não disciplinar. Em seguida, exponho as estratégias de ação das oficinas, que são os frutos do “metabolismo” de um trabalho, cuja prática vem sendo desenvolvida e o referencial teórico com o qual foi possível estabelecer um diálogo. Por último, discuto a “ Oficina do Corpo e Movimento: (Des) Construindo o Disciplinamento” como estratégia de um trabalho não disciplinar na Educação Física, procurando ir além dela . *Professora Aposentada do CED/UFSC, Mestre em Educação / CED/UFSC, Doutoranda em ergonomia / CTC/UFSC e Membro do Núcleo de Alfabetização Técnica/CED/UFSC.

Endereço: https://periodicos.ufsc.br/index.php/motrivivencia/article/view/14360

Tags:

Comentários


:-)





© 1996-2021 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.