Olimpíadas Silenciadas: a Cobertura Aos Jogos Olímpicos de 2016 em Comparação à Copa do Mundo de 2014

Por: Flávio Agnelli Mesquita.

XXXVIII Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação - Intercom

Send to Kindle


Resumo

A Copa do Mundo de 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016, ambos sediados no Brasil, motivam grande cobertura midiática, uma vez que, depois da Copa de 1950, nunca o País havia recebido megaeventos de tamanha repercussão. O objetivo do estudo é avaliar como dois jornais tradicionais – Folha de S. Paulo e O Estado de S. Paulo – enfatizam a preparação brasileira para as competições. Analisando duas semanas de grande noticiabilidade (o marco de 500 dias para os eventos e o início da venda de ingressos), pretende-se não apenas verificar qual megaevento recebe maior atenção jornalística, mas, principalmente, como eles são enquadrados, quais são os enfoques escolhidos, como se dá a abordagem crítica das mídias ao trabalhar a cobertura olímpica e a do futebol. 

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.