Onde Elas Estão? Um Estudo do Lugar Que as Mulheres Ocupam no Futebol de Mulheres

Por: Aura Condé Braga, Igor Chagas Monteiro e Ludmila Nunes Mourão.

XXI Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte e VIII CONICE - CONBRACE

Send to Kindle


Resumo

INTRODUÇÃO

O Brasil é considerado o “país do futebol”, porém o futebol valorizado e visibilizado é o praticado pelos homens. Segundo Knijnik (2010, p. 60), no futebol brasileiro, o valor androcêntrico está enraizado e, dessa forma, é considerado uma arena masculina que dissemina valores simbólicos masculinos, o que dificulta a integração das mulheres. Contudo, o futebol de mulheres vem crescendo no país. Com o novo regulamento de Licenciamento de Clubes da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), houve um crescimento do número de equipes no futebol de mulheres em 2019. Apesar do aumento do número de times na modalidade feminina, licenciados pela CBF, o espaço das mulheres nesse esporte parece ainda estar ligado à condição de atletas, visto que há poucas técnicas, gestoras e árbitras no âmbito esportivo. Entendendo a dificuldade de encontrarmos mulheres em cargos técnicos no futebol questionamos: O futebol de mulheres é um espaço aberto às mulheres em quais cargos dentro das equipes técnicas? O objetivo do trabalho é levantar em quais cargos nas equipes técnicas as mulheres estão presentes no futebol de mulheres e qual a sua representatividade.

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.