Oportunidades e Desafios Para Inovação com Foco nos Jogos Olímpicos Rio 2016: a Percepção do Turista na Copa do Mundo 2014

Por: Deborah Moraes Zouain, Gabriela de Laurentis, Kaarina Barbosa Virkk e Paola Bastos Lohmann.

O Futuro dos Megaeventos Esportivos. Inovações Pós Copa 2014 e Jogos Olímpicos e Paralímpicos 2016.

Send to Kindle


Resumo

As grandes cidades na atualidade estão em concorrência global para hospedar atividades econômicas, sendo o megaevento esportivo um dos atrativos mais importantes desta disputa (DaCosta & Miragaya, 2015). Segundo Allen et al. (2003, p. 17), megaeventos têm sido “aqueles cuja magnitude afeta economias inteiras e repercute na mídia global, justificando a grande concorrência que os países passam para poder sediar um grande evento como a Copa do Mundo”. E neste sentido de competividade em escala mundial, o Brasil – e particularmente o Rio de Janeiro - tem se destacado nos últimos anos por sediar grandes eventos esportivos como os Jogos Panamericanos de  2007, os Jogos Mundiais Militares de 2011 e a Copa do Mundo de Futebol de 2014, além dos Jogos Olímpicos previstos para ocorrer em 2016.

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.