Organização do Esporte Municipal, Proposta de Gestão da Cidade de Petrópolis

Por: Carlos Alberto Lancetta.

21 páginas. 2012 00/00/0000

Send to Kindle


Resumo

Com a realização dos Jogos Olímpicos de 2016, na cidade do Rio de Janeiro, e os megaeventos que acontecerão na década 2011 à 2020, o esporte em todos os municípios do estado, tornou-se assunto de tamanha relevância para os planos de governo para o esporte e lazer. A bem da verdade, o artigo visa mostrar a necessidade de haver um modelo de gestão compartilhada entre o poder público e a sociedade civil organizada com objetivo de analisar o ambiente organizacional e a gestão do esporte, através da criação do Plano Municipal de Esporte e Lazer (PMEL). Para tanto, foi realizada uma pesquisa minuciosa com atletas, técnicos, dirigentes, presidentes de clubes, presidentes de associações e presidente da Liga Petropolitana de Desportos (LPD). De posse das informações, realizamos uma análise do esporte na municipalidade e propomos uma forma de gestão sustentável para os próximos dez anos, baseada na audiência pública promovida pela iniciativa privada junto com os poderes executivo e legislativo, que externaram opinião sobre as ações a serem tomadas na próxima década, com a inclusão do município no processo de seleção da cidade como sede de treinamento de aclimatação das equipes que participarão da Copa do Mundo de 2014 e dos Jogos Olímpicos de 2016.

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.