Os Bailes Dançantes no Clube Curitibano: Primeiros Indícios de Uma Cultura Física (1881-1945)

Por: , Letícia Cristina Lima Moraes e Mariana de Paula.

XV Congresso de História do Esporte, Lazer e Educação Física - CHELEF

Send to Kindle


Resumo

Um dos aspectos do desenvolvimento urbano da cidade de Curitiba foi a formação dos clubes sociais. Os surgimentos destas instituições estiveram fortemente associados com a chegada de imigrantes ao estado do Paraná. A presença do imigrante na cidade de Curitiba, está estreitamente relacionada com o processo de urbanização que a capital paranaense perpassava, o qual influencia, a partir do século XIX, no desenvolvimento de novas entidades, tais como os clubes. Percebe-se que Curitiba passava por um amplo processo de modernização para se adaptar às novas formas de comportamento que vinham surgindo na cidade, entre estas a emergência de práticas voltadas a uma cultura física. Recorrente a essa tentativa de se adaptar aos novos comportamentos que emergiam, sendo estes contribuintes para firmar Curitiba como uma cidade urbana pretende-se aqui entender como os clubes, mais especificamente o Clube Curitibano, solidificaram estes novos comportamentos, especialmente os referentes a uma cultura física. Neste sentido, pretende-se elaborar um olhar acerca dos primeiros resquícios de uma cultura física no interior da instituição, as fontes da presente pesquisa apontam os bailes dançantes como o elemento emergente. Assim sendo, o presente estudo parte-se da seguinte problemática de pesquisa: Como emerge o discurso acerca de uma cultura física no Clube Curitibano entre os anos de 1881-1945? A partir de tal interrogação, elenca-se o objetivo geral do trabalho: investigar a emergência de uma cultura física especificamente sobre os bailes dançantes no Clube Curitibano no período de 1881-1945. A presente pesquisa está pautada na utilização de fontes historiográficas como método para solução dos problemas aqui levantados. Sendo assim, o material selecionado para a construção deste artigo é constituído por fontes. Em um primeiro grupo de fontes, selecionaram-se fontes escritas, essas retiradas de revistas e jornais da época. Como segunda etapa impõe-se as fontes documentais, tais como estatutos e atas referentes ao Clube Curitibano. Como resultados, as análises apontam para os bailes dançantes como o elemento emergente acerca de uma cultura física no interior da entidade, evidenciando o quão importante tais bailes foram para o desenvolvimento/reconhecimento da instituição pela sociedade curitibana, aponto da mesma se tornar referência social em termos de bons comportamentos. Além disso, considera-se que tais acontecimentos indicam o embasamento de uma pedra angular potencializadora para a emergência de uma cultura física no Clube Curitibano.

Fonte de financiamento: Bolsa de mestrado CAPES.

Tags: ,

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.