Os Centros Olímpicos do Distrito Federal: Um Caso de Desresponsabilização do Estado e Descentralização das Políticas de Esporte e Lazer em Direção Ao Terceiro Setor

Por: Edriane Lima do Nascimento, , , , e Samir Almeida dos Santos.

Licere - v.21 - n.2 - 2018

Send to Kindle


Resumo

Este artigo tem como objetivo compreender a política dos Centros Olímpicos no Distrito Federal. Para isso, foram utilizados os seguintes aspectos do método de análise de políticas sociais: configuração e abrangência; gasto; e gestão e controle social. Estes foram desdobrados em indicadores para analisar os Centros Olímpicos, tendo como fonte de dados, entrevistas com gestores e pesquisa documental. Foi identificado que os Centros Olímpicos atendem 30% das regiões administrativas do Distrito Federal; focaliza sua atuação na população pobre; há dificuldade de executar os  recursos previstos; a maior parte dos recursos são direcionados ao “terceiro setor”; a gestão sempre teve o “terceiro setor” à frente; e há instância de controle social que não se consubstancia como democrática.

Endereço: https://seer.ufmg.br/index.php/licere/article/view/11522

Comentários


:-)





© 1996-2018 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.