Os Critérios de Produtividade na Universidade Brasileira

Por: .

Blog do João Batista Freire - 2009

Send to Kindle


Em 2006 fui descredenciado do programa de pós-graduação de minha universidade, a Universidade do Estado de Santa Catarina, sob a alegação de que minha produção acadêmica não atendia os critérios da CAPES. Fiz um escândalo danado e acabei sendo credenciado novamente um ano e meio depois. Pois bem, nessa mesma época, meus quase quarenta anos de produção em pedagogia da Educação Física, perderam longe para um artigo sobre cola de sapato publicado por uma professora de meu centro. Ou seja, pelos critérios Capes, um artigo sobre cola de sapato publicado em uma revista internacional vale mais que quarenta anos de produção na área da Educação Física. Nada contra o trabalho da professora, afinal, a valorização que ela recebeu foi dada pelos dirigentes da Educação Física que assim pensam, mas tudo contra essa inversão de valores. Quem produz Educação Física nada vale hoje na pós-graduação. Não é por outros motivos que há uma verdadeira debandada de pedagogos, todos desistindo ou mudando para as faculdade de educação. Quando, graças aos critérios de avaliação na pós-graduação, a Educação Física for extinta dos mestrados e doutorados, os promotores dessa chacina serão todos conhecidos e a história poderá cobrar deles o que fizeram.

19.02.2009

Endereço: https://web.archive.org/web/20101226224004/http://blog.cev.org.br/joaofreire/2009/os-criterios-de-produtividade-na-universidade-brasileira/

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.