Os Desafios da Preparação da Paracanoagem Para os Jogos Rio 2016

Por: Edison Duarte, Fabrício dos Santos, Leonardo Maiola e Luiz Gustavo Teixeira.

Ciclo de Debates em Estudos Olímpicos e Paraolímpicos. Diferentes Olhares Sobre os Jogos Rio 2016: a Mídia, os Profissionais e os Espectadores (Volume II).

Send to Kindle


Resumo

Introdução
Nos últimos dois anos, o Brasil recebeu três grandes megaeventos: a Copa do Mundo de Futebol com apoio da FIFA, os Jogos Olímpicos e Paralímpicos com respaldo do Comitê Olímpico Internacional - COI e Comitê Paralímpico Internacional - IPC, respectivamente (BETTI, 2009) sendo esse cenário de megaeventos vivido pela paracanoagem ao começar a escrever sua história a nível mundial. A Canoagem Velocidade é considerada a modalidade mais tradicional de canoagem e a disciplina mais antiga sob o controle da Federação Internacional de Canoagem – FIC, pertencendo ao quadro de modalidades olímpicas desde os Jogos de Berlim, em 1936. Por outro lado, a Paracanoagem é uma disciplina recente da canoagem incorporada ao quadro de modalidades paralímpicas nos Jogos de Rio 2016 ao lado do Triátlon e com participação confirmada para Tóquio 2020.

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2018 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.