Os Efeitos da Idade e do Sexo no Nível de Ansiedade de Nadadores de águas Abertas

Por: , Fernanda Karen Buzeto, Ivan Wallan Tertuliano, José Maria Montiel e Vivian de Oliveira.

Conexões - v.17 - 2019

Send to Kindle


Resumo

Objetivo: O presente estudo teve como objetivo investigar a ansiedade pré-competitiva em nadadores de águas abertas e analisar se a idade e o sexo alteram os níveis de ansiedade pré-competitiva. Metodologia: Para isso, o estudo contou com a participação voluntária de 129 nadadores com idade entre 14 e 49 anos de idade, de ambos os sexos, todos participantes de competições de águas abertas. Os participantes responderam um questionário. O questionário adotado foi o CSAI-2R (Competitive State Anxiety Inventory – 2r, versão reduzida). Resultados e discussão: Os resultados demonstraram que a autoconfiança apresentou valores elevados para todos os grupos amostrais e que a idade e o sexo não são fatores determinantes para os resultados. Além disso, foi encontrada uma correlação forte entre a subescala somática e a cognitiva, corroborando a teoria Multidimensional da ansiedade, na qual diz que quando a autoconfiança apresenta escores elevados, a ansiedade é baixa. Conclusão: Diante disso, os resultados mostraram que independentemente da idade e do sexo, os nadadores de águas abertas apresentam valores elevados de autoconfiança, o que influencia os escores baixos de ansiedade cognitiva e somática.

Endereço: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/conexoes/article/view/8655148

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.