Os Motivos da Prática de Treinamento de Força Diferem em Relação à Idade do Praticante

Por: , Carla Maria de Liz, Fábio Hech Dominski, Guilherme Torres Vilarino e Jonathan Nunes Azevedo.

Caderno de Educação Física e Esporte - v.13 - n.1 - 2015

Send to Kindle


Resumo

O objetivo deste trabalho foi relacionar os motivos de prática de treinamento de força em academias com a idade dos praticantes. Participaram da pesquisa 328 praticantes de treinamento de força com média de idade de 35 anos (±13,27; mín 18 anos; máx 76 anos). Utilizou-se um questionário de caracterização e o Exercise Motivations Inventory-2 (EMI-2). Foi utilizada estatística descritiva e inferencial para análise dos dados adotando-se a significância de 5% (p<0,05). Em ordem de importância, os motivos mais citados para a prática de treinamento de força foram: prevenção de doenças, condição física, diversão, controle do estresse, aparência, controle do peso, afiliação, competição, reabilitação da saúde e reconhecimento social. Os motivos prevenção de doenças, controle de peso corporal, controle do estresse, afiliação e reabilitação da saúde se correlacionaram à idade dos praticantes de exercícios físicos, sendo que estes se tornaram mais importantes com o avançar da idade. Estudos desta natureza são fundamentais para compreender o que leva pessoas de diferentes idades a praticar exercícios físicos em academias e intervir de maneira significativa na continuidade da prática destas. 

Endereço: http://e-revista.unioeste.br/index.php/cadernoedfisica/article/view/13530

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.