Os Primórdios dos Esportes de Combate na Cidade do Rio de Janeiro: Uma Análise a Partir dos Jornais

Por: e .

XVI Congresso de Ciências do Desporto e Educação Física dos Países de Língua Portuguesa

Send to Kindle


Resumo

O objetivo deste trabalho é analisar os primórdios e a popularização do boxe, da luta romana, do jiu-jitsu e do jogo da capoeira na cidade do Rio de Janeiro, nas primeiras décadas do século XX. Para tanto, utilizou-se de fontes jornalísticas, as quais exigem cuidado no sentido de identificar as condições técnicas de produção vigentes, bem como o questionamento do que foi escolhido e por que, pensando no contexto do que se tinha disponível para a publicação. Considerando aspectos relacionados com a violência e identidade nacional, questiona-se: como as modalidades de combate e as artes marciais foram retratadas nos periódicos da cidade do Rio de Janeiro, nas primeiras décadas do século XX? Dessa forma, a pretensão deste trabalho é entender como os periódicos se manifestavam diante das novas lutas que se desenvolviam no país. Ao longo desta pesquisa foi possível perceber que o processo de urbanização da cidade do Rio de Janeiro, ocorrido no início do século XX, coadunado a um ideário modernista, propiciou a introjeção de novos hábitos e costumes estrangeiros, dentre eles a adoção de diversas práticas esportivas, como o turfe, o remo e o futebol. Se por um lado o processo de modernização da então capital federal contemplava principalmente os anseios de uma elite, com sentido à aproximação dos hábitos europeus; por outro lado, este incipiente ambiente urbano possibilitou a popularização de alguns esportes nos extratos populacionais menos privilegiados economicamente, como o boxe, a luta romana, o jiu-jitsu e a capoeira.

Endereço: http://www.fade.up.pt/rpcd/entradaPT.html

Comentários


:-)





© 1996-2017 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.