Os Professores de Educação Física e a Paixão Pela Atividade Docente

Por: , e Maria Eloiza Fiorese Prates.

Revista da Educação Física - UEM - v.30 - n.1 - 2019

Send to Kindle


Resumo

O objetivo do estudo foi de analisar a paixão pela carreira docente e o nível de satisfação de vida dos profissionais de Educação Física que atuam no ensino superior considerando os ciclos de desenvolvimento profissional. A amostra foi constituída por 133 professores atuantes em universidades do estado do Paraná (Brasil). Os instrumentos utilizados na pesquisa foram a Escala da Paixão, a Escala de Satisfação com a Vida e o questionário sociodemográfico. Para a análise de dados empregou-se os testes qui-quadrado e regressões logísticas binária e multinomial, considerando o nível de significância de 95% (p<0,05). Os resultados revelaram que a maioria do professores são apaixonados pela profissão. Além disso, observou-se que os professores que atuavam a 20 anos ou mais possuíam maior indice de paixão harmoniosa (p=0,022). Além disso, observou-se forte correlação entre o Critério da Paixão e a Paixão Harmoniosa (r=0,626). Por fim, conclui-se que quanto mais tempo o professor permanece na carreira maior é a paixão harmoniosa pelo trabalho.

Endereço: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/RevEducFis/article/view/39652

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.