Os Sentidos e Significados do Lazer na Formação Escolar na Região de Xingó

Por: .

204 páginas. 2001 00/00/0000

Send to Kindle


Resumo

O presente estudo insere-se entre os que investigam as problemáticas da formação e do currículo. Tem como objeto os sentidos e significados atribuídos pelos futuros trabalhadores ao lazer nos processos educativos. Foi desenvolvido no âmbito de uma proposta interinstitucional de articulação em rede para o desenvolvimento de uma região semi-árida do Nordeste, na área de abrangência do Programa Xingó. Objetivou identificar relações existentes entre o lazer e processos educativos, a partir dos sentidos e significados atribuídos pelos futuros trabalhadores aos conteúdos culturais do lazer, enquanto elementos do ensino -aprendizagem na comunidade, em busca de subsídios para uma educação para e pelo lazer¹ onde o "jogo do saber"² se torne veículo de construção de cidadania³. Dos procedimentos investigativos, contaram o diálogo crítico com os autores que tratou da relação "Lazer-Trabalho-Educação" e análise das falas e produções dos futuros trabalhadores vinculados aos processos educativos do projeto Xingó. Os dados foram sistematizados a partir das falas, identificando-se categorias impregnadas de conteúdos significativos que permitem reconhecer os sentidos atribuídos pelo coletivo de aluno da UNEX 1 (Unidade Escolar de Xingó 1), ao Lazer e seus conteúdos culturais. Inferimos daí, que os elementos de mais ricas possibilidades educativas relacionadas ao lazer e a formação do futuro trabalhador são as festas, os meios de comunicação-rádio, TV, e as linguagens diversificadas-mímica, dança, jogo. Durante a pesquisa, utilizei elementos das metodologias qualitativas, que foram organizados e desenvolvidos em torno do diálogo ora com a literatura, ora com as vivências práticas e ora com os futuros trabalhadores para desvelar os sentidos e significados atribuídos ao lazer na formação do trabalhador. Busquei elementos na etnografia das práticas educativas pautadas na socio-fenomenologia crítica para que pudesse obter "descrições detalhadas de situações, eventos, pessoas, interações e comportamentos observados; citações literais do que as pessoas falam sobre suas experiências, atitudes, crenças e pensamentos; trechos ou íntegras de documentos, correspondências, atas ou relatórios de casos", fato esse possível devido ao grau de liberdade e agilidade para a reflexão que esse tipo de investigação permite (Patton,1986 apud Alves 1991:22).
 

Endereço: http://www.repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/11921

Ver Arquivo (PDF)

Tags:

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.