Os Valores e os Jovens: Estudo Centrado em Praticantes de Futebol

Por: Antonino Pereira e Pedro Matos.

XVI Congresso de Ciências do Desporto e Educação Física dos Países de Língua Portuguesa

Send to Kindle


Resumo

Diversos são os documentos internacionais (Carta Olímpica, Carta Internacional da Educação Física e do Desporto, Código de Ética Desportiva, Carta Internacional de Educação para o Lazer, Livro Branco do Desporto da Comissão Europeia, entre outros) que abordam e sublinham a importância da Ética no Desporto. Por outro lado, nos últimos, em Portugal, múltiplas têm sido as iniciativas desenvolvidas com o propósito de divulgar e sensibilizar para as boas práticas relacionadas com esta temática. Perante estas recomendações e ações de divulgação é importante conhecer o nível da sua concretização em termos de competições desportivas. Assim, este estudo teve como propósito identificar os valores que regulavam a prática desportiva dos jovens. Foram inquiridos 15 jovens que frequentavam o 9º, 10º e 11º ano de escolaridade e praticavam futebol federado, no escalão sub 17, em três clubes da zona norte do distrito de Viseu. A técnica de recolha de dados utilizada foi a entrevista semiestruturada, sendo o guião da mesma sido construído tendo em conta o sistema de valores expresso por Patrício (1993). A técnica de tratamento de dados utilizada foi a Análise de Conteúdo. A construção do sistema categorial foi feita a priori e a posteriori (Bardin, 2008), de acordo com bibliografia (Garcia & Lemos 2005; Lucas, Monteiro & Pereira, 2012; Patrício, 1993). Os resultados obtidos indicam que o conceito de ética ainda é, para alguns jovens, pouco claro. Aproximadamente metade mencionou que nunca abordou esta temática nas aulas de Educação Física. Relativamente aos valores gerais da humanidade, o valor com maior relevância foi o valor ético, seguindo-se o valor hedonístico e o valor prático. Sem qualquer evidência surgiram o valor estético, o valor lógico e o valor religioso. Quanto às categorias do valor ético, o mais referenciado pelos entrevistados foi o valor da amizade, seguindo-se o da responsabilidade e, por último, o valor da autodeterminação/ obediência/autoridade. Nas categorias dos valores do fair-play, o valor mais acentuado foi o do não doping/honestidade e o valor não-violência, seguido do valor da lealdade/desportivismo e valor igualdade/mutuo – respeito, posteriormente o valor não – discriminação/ equidade e, por fim, o valor amizade – fidelidade.

Endereço: http://www.fade.up.pt/rpcd/entradaPT.html

Comentários


:-)





© 1996-2016 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.