Os Videojogos Ativos e a Saúde dos Jovens: Revisão da Literatura

Por: A. Valencia-peris, J.p. Molina-alventosa e V.j. Beltrán-carrillo.

Revista Internacional de Medicina y Ciencias de la Actividad Física y del Deporte - v.10 - n.41 - 2009

Send to Kindle


Resumo

O presente trabalho é uma revisão de estudos relacionados aos videojogos ativos e a saúde dos jovens. Estes videojogos representam uma nova alternativa para a manutenção de um estilod e vida ativo e podem ser utilizados como novos métodos de reabilitação. Não obstante, seu uso pode influir negativamente na saúde dos jovens, podendo propor a aproximação de diversos tipos de lesões, especialmente em setores inativos da população jovem com a forma física precária.  Attravés da revisão se observa a necessidade de estudos sociológicos e epidemiológicos que ofereçam informação sobre o impacto real que este novo fenômeno pode ter nos níveis de atividade física e a prevalência de lesões da população jovem. Há a necessidade de uma avaliação e uso crítico dos videojogos ativos para o seu impacto no ócio, no bem-estar e a saúde da população sseja positivo. 

Endereço: http://cdeporte.rediris.es/revista/revista41/artvideojuegos190.htm

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.