Padrão da Prescrição de Atividade Física Realizada Por Médicos Ortopedistas Brasileiros

Por: Alexandre Mader Seixas, , Glaucia F. Braggion, e .

Revista Brasileira de Ciência & Movimento - v.11 - n.2 - 2003

Send to Kindle


Resumo

Objetivo: avaliar a prescrição de atividade física realizada por ortopedistas brasileiros. Metodologia: 521 ortopedistas responderam um questionário sobre prescrição de atividade física. Os parâmetros prescritos de freqüência, duração e intensidade considerados corretos foram: realizar pelo menos 30 minutos contínuos ou acumulados de atividade moderada na maioria dos dias da semana. Utilizada análise estatística descritiva. Resultados: 86,4% prescrevem atividade física para a maioria dos pacientes, sendo caminhada (97,5%) e natação/hidroginástica (96,5%) as mais prescritas. Cerca de 60% prescrevem musculação, atividades cotidianas e corrida/jogging. Caminhada apresentou os maiores índices de acerto da freqüência (18,9%), duração (62,4%) e intensidade (44,1%). As porcentagens de acerto desses parâmetros para todas as atividades prescritas foram: 8,8%, 40,3% e 35,3%. A prescrição de atividades cotidianas foi a mais vaga, com pelo menos 50% sem a definição de freqüência e duração, 40% sem intensidade definida. A maioria prescreve verbalmente e poucos usam receituário. Musculação é mais prescrita para reabilitação. Caminhada e atividades cotidianas são prescritas principalmente para prevenção de doenças. Conclusões: o ortopedista brasileiro prescreve atividade física para a maioria dos pacientes como prevenção e tratamento de doenças, geralmente de forma verbal (diminuindo sua eficácia) e pouco condizentes com a recomendação atual para promoção da saúde. PALAVRAS-CHAVE: atividade física, médico, prescrição, saúde.

Endereço: http://portalrevistas.ucb.br/index.php/RBCM/article/view/498/523

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.