Para-badminton: Quantificação dos Fundamentos do Jogo Através do Scout

Por: Aline Miranda Strapasson, Dcheimy Janayna Baessa, Edison Duarte e .

Revista Brasileira de Ciência & Movimento - v.25 - n.2 - 2017

Send to Kindle


Resumo

O objetivo do presente estudo é quantificar os fundamentos dos dois jogos de Para-Badminton (PBd) da final WH1 e WH2 do 9º Campeonato Mundial/2013. Fizeram parte desta pesquisa descritiva com delineamento transversal, quatro atletas usuários de cadeira de rodas, do gênero masculino, todos finalistas da categoria individual. Além da anamnese que caracterizou os jogadores, quatro filmadoras para coletar os dados relacionados aos fundamentos dos jogos e planilhas de scout foram utilizados. O scout registrou os Pontos Disputados (PD), divididos em: Pontos Ganhos (PG: caracterizados pelos acertos individuais e os erros do adversário - AI, EA) e Pontos Perdidos (PP: caracterizados pelos acertos do adversário e erros individuais - AA, EI) nos 6 principais fundamentos do jogo. A duração total dos dois jogos foi de 52 minutos e 24 segundos, tendo como duração média (dois games) o tempo de 26 minutos e 12 segundos. Em relação aos PD, observam-se 147 (média de 73,5 PD), sendo 85 decorrentes de pontos ganhos (PG) (34 AI e 51 EA) e 62 de pontos perdidos (PP) (43 EI e 19 AA). Quanto aos erros cometidos, 94 pontos foram proporcionados por erros dos jogadores (61 outs, 24 rede, cinco erros de recepção e quatro furos). As petecas lançadas para fora se destacaram com 52,29%. Espera-se que esse estudo possa contribuir com o desenvolvimento do esporte, subsidiando profissionais que atuam com o PBd e auxiliando-os a planejarem e aplicarem treinamentos cada vez mais eficientes.

Endereço: https://portalrevistas.ucb.br/index.php/RBCM/article/view/6814

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.