Para Quê a Saúde Coletiva na Educação Física?: Reflexões de Profissional na área Há Vinte Anos

Por: .

Revista da Educação Física - UEM - v.15 - n.1 - 2004

Send to Kindle


Resumo

A partir da observação global da evolução recente da identidade e características da área da Educação Física em nosso meio, faz-se aqui uma reflexão sobre o sentido da manutenção da saúde coletiva em seu interior. A questão que se coloca é, portanto, quais as finalidades concretas da atuação profissional de sanitaristas em Educação Física. Exploram-se algumas possíveis respostas, recorrendo-se, como elementos de aplicação, a projetos de doutorado desenvolvidos por componentes do Grupo de Saúde Coletiva/Epidemiologia e Atividade Física da Unicamp. Identifica-se a primeira contribuição na disponibilização dos paradigmas epidemiológicos da produção do conhecimento, o que implica no uso dos recursos e técnicas do agir e do pensar epidemiológico. Reconhecem-se também os benefícios e limitações da atividade física para a saúde, além do manejo das especificidades da educação sanitária, destacando-se, ao final, a concepção da Saúde enquanto bem público.

Endereço: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/RevEducFis/article/view/3433/2463

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.