Paraolimpíadas e Mídia: a Cobertura Deficiente

Por: Márcio de Oliveira Guerra e Tatiane Hilgemberg Figueiredo.

XXIX Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação - Intercom

Send to Kindle


Resumo

Este presente estudo tem como finalidade analisar e ampliar as discussões sobre as relações entre a mídia e o esporte para portadores de deficiência, principalmente, as relações entre mídia e Paraolimpíadas. Por meio do estudo teórico, da observação dos dados sobre a cobertura da mídia dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos e da tabulação dos dados de uma pesquisa de opinião pública segmentada buscamos comprovar a diferença de tratamento dado pela mídia às Paraolimpíadas em relação às Olimpíadas, tentando encontrar o porquê desta diferença de tratamento. É, também, outro objetivo desta pesquisa verificar a hipótese de que os Jogos Olímpicos, ao contrário dos Jogos Paraolímpicos, tornaram-se espetáculos pelo fato de que atletas transformam-se em mitos nacionais, enquanto paratletas transformam-se em símbolos de superação.

Endereço: http://www.intercom.org.br/papers/nacionais/2006/index.htm

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.