Participação de Discentes do Curso de Educação Física na Vivência de Trilhas Interpretativas e Suas Relações com a área Escolar

Por: Alexander Klein Tahara e .

IX Congresso Internacional de Educação Física e Motricidade Humana XV Simpósio Paulista de Educação Física

Send to Kindle


Resumo

As trilhas interpretativas são vivências realizadas em contato direto com a natureza, podendo haver abordagem e discussão de muitos aspectos relativos à fauna e flora de determinada localidade em foco ao caminhar por tal trilha. Este estudo qualiquantitativo teve o objetivo de investigar a concepção dos discentes do Curso de Licenciatura em Educação Física de uma Universidade Estadual localizada no estado da Bahia, acerca da participação na vivência de uma trilha interpretativa em meio a Mata Atlântica, próximo à Itacaré/BA. Foi utilizado como instrumento para coleta de dados um questionário aberto com três questões, aplicado a (n=115) discentes, (n=48) homens e (n=67) mulheres do referido curso que participaram da vivência da trilha e posteriormente responderam as questões, com idades variando entre 19 e 48 anos. A análise dos dados foi feita de forma descritiva pela Análise de Conteúdo Temático, sendo que alguns indivíduos responderam em mais de um indicador em cada questão, assim havendo mais respostas que o número de discentes total do estudo. Os resultados foram apresentados por frequência e tabulação e indicam que a maioria (n=78, 53,8%) acredita que seja importante tal vivência em sua formação inicial enquanto licenciado em Educação Física, pelo fato de ser uma atividade diferente das habituais e que gera interesse e motivação pela prática corporal entre os alunos. No que tange à futura ação profissional, (n=55, 42,97%) dos discentes veem chances de inserir em seus âmbitos de trabalho na área da Educação Física escolar esta e outras atividades que abordam a temática do exercício e o meio ambiente, levando a diversificação de experiências e conteúdos que devem ser discutidos e problematizados junto aos alunos. Sobre as possíveis dificuldades e obstáculos que poderiam enfrentar a fim de concretizar a inserção desta prática em ambiente escolar, (n=66, 40,49%) acreditam que a falta de apoio por parte da direção das escolas por ser uma atividade custosa seria o fator mais relevante. Diante disso, percebe-se que a participação em trilhas interpretativas e conteúdos que tratam da temática das práticas corporais no meio ambiente pode ser uma atividade enriquecedora para alunos do curso de Licenciatura em Educação Física. Assim, pode-se despertar os alunos para assuntos importantes como a educação ambiental e vivência de novas e significativas experiências, bem como ajudá-los em seus trabalhos futuros na área escolar.

Endereço: http://www.periodicos.rc.biblioteca.unesp.br/index.php/motriz/article/view/10060/10060

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.