Participação e Inclusão de Um Aluno com Transtorno do Espectro Autista nas Aulas de Educação Física Escolar

Por: Klévia Gerusa dos Santos Martins e Renato Vitor da Silva Tavares.

11° Congresso Brasileiro de Atividade Motora Adaptada - CBAMA

Send to Kindle


Resumo

As crianças e adolescentes com Transtorno do Espectro Autista (TEA) estão cada vez mais presentes nas escolas regulares, mas existe certo distanciamento entre o acesso e a efetivação da inclusão, existindo dificuldades em verificar a participação e o aprendizado desses alunos no âmbito escolar, sobretudo nas aulas de Educação Física. Com isso, o objetivo desse trabalho foi descrever a participação e o processo inclusivo de uma criança com TEA nas aulas de Educação Física em uma escola regular. Trata-se de um relato de experiência, com as informações obtidas a partir do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID). Em relação aos resultados, o aluno participava das aulas de Educação Física, mesmo antes da intervenção das alunas-estagiárias, mas obteve redução das dificuldades nas práticas corporais e evidenciação das potencialidades a partir das adaptações e adequações dos conteúdos a suas peculiaridades, tornando-se mais autônomo e sociável com as demais crianças. Estas, por sua vez, facilitaram o processo de inclusão do aluno com TEA, auxiliando a equipe pedagógica na preparação/execução das atividades. Portanto, verificou-se que a criança com TEA demonstrou evoluções no processo de ensino-aprendizagem e nos domínios biopsicossociais, sendo incluído pelo professor, alunos-estagiários e alunos nas aulas de Educação Física.

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.