Paulo Matta: Um Baiano de Destaque na Educação Física Brasileira.

Por: Roberto Gondim Pires.

XXIX Simpósio Nacional de História

Send to Kindle


Resumo

O presente artigo visa lançar luz na história do baiano Paulo Matta, evidenciando a sua trajetória como professor de Educação Física, mas, sobretudo, demonstrando peculiaridades dessa caminhada. A diferença da classe social no que se refere aos outros baianos que foram estudar na ENEFD; a liderança esportiva a serviço do movimento político na ENEFD, além do seu protagonismo como técnico da seleção brasileira de voleibol, são temas trabalhados com auxilio da bibliografia especializada, além dos aspectos teórico metodológicos da História Cultural com foco na história oral. Sendo assim, sob esta perspectiva, este trabalho objetiva compreender como um baiano, integrante de abastada família, optou por ser professor de Educação Física, numa época em que isto era considerado coisa menor; também intencionamos apontar as possíveis consequências desta escolha em sua vida, além de buscarmos dados de sua passagem como estudante e suas vivências como docente, para identificarmos quais foram suas ações e relações com este tempo e com a construção desta área profissional. A justificativa para este estudo está no fato de podermos analisar como esse professor, assim como outros tantos personagens, que tiveram participação significativa na Educação Física brasileira, permanece esquecido dos livros e das produções cientificas nacionais e locais, sendo somente lembrado por pesquisadores e estudantes que tiveram a oportunidade de participar de sua trajetória, ainda que esta seja marcada por fatores de relevância para esta área e para o campo esportivo. Como metodologia, optamos por trabalhar com a História Cultural, com foco na história oral, além de nos valermos de bibliografia especializada, para melhor construirmos e fazermos a análise da conjuntura de época. Vale destacar que as fontes orais mostraram-se fundamentais nesta pesquisa como forma de complementação dos dados, por conta da dificuldade de obtenção de outras fontes documentais. Acreditamos que a possibilidade de ouvir indivíduos que até então não tiveram sua compreensão apreendida, nos proporcionou novas representações que por certo abriram outras possibilidades de interpretação do objeto deste estudo. A entrevista base deste estudo, com Paulo Matta, foi feita na sua residência. Nela utilizamos como estratégia a entrevista não estruturada, como forma de obter o maior número de dados disponíveis. Posterior à transcrição, os dados foram submetidos ao entrevistado, para sua aceitação das informações contidas e são estas, as que serão utilizadas como fonte direta.

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.