Pedagogia das Artes Marciais e Esportes de Combate no Brasil: Um Estudo Sobre a Produção Científica Nacional

Por: Enrique Ortega, Jaqueline Martins Patatas, José Júlio Gavião de Almeida, e Samuel Mendonça.

Arquivos em Movimento - v.13 - n.1 - 2017

Send to Kindle


Resumo

Objetivou-se analisar a produção do conhecimento sobre pedagogia das artes marciais e dos esportes de combate e apontar questões que subsidiam pesquisas no campo da Educação Física. O método adotado foi a revisão sistemática. Inicialmente foram encontrados 117 artigos publicados entre 1997 a 2011 que tratavam dos temas: artes marciais e esportes de combate. No entanto, apenas 20 artigos se enquadraram como estudos pedagógicos, sendo 55% com preocupações na área escolar e 45% não escolar. A análise se deu a partir de categorias e subcategorias segundo Trilla (1996), Garcia (2009), Perrenoud (2011), Boruchovitch (1999) e Paro (2011). Os resultados da investigação indicaram que os temas estudados foram: estratégias de ensino; avaliação da aprendizagem, formação de professores e seleção e organização de conteúdo. Estes temas foram tratados a partir de dois relatos de experiência, dez trabalhos de campo e oito de revisão de literatura. Pode-se também perceber um incremento na quantidade de trabalhos por ano ao longo do período. Buscou-se descrever os resultados principais, entende-se que a necessidade de estudos sempre será bem-vinda.

Endereço: https://revistas.ufrj.br/index.php/am/article/view/13563

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.