Pensando o Lazer a Partir da Perspectiva étnica

Por: Antônio Luis Carvalho de Freitas, Edmilson Santos e José Geraldo Soares Damico.

Arquivos em Movimento - v.2 - n.2 - 2006

Send to Kindle


Resumo

Importantes estudos têm aportado à literatura nacional um conjunto de dados e reflexões que expõem de forma bastante gritante a desigualdade racial no Brasil. Este estudo surge com esta perspectiva: conhecer o impacto desta desigualdade no cotidiano do lazer de jovens do bairro Guajuviras. A amostra do estudo foi composta por 2112 estudantes matriculados no sistema público de ensino do bairro que participaram do Mapa do Lazer Juvenil. As informações obtidas permitiram criar um banco de dados que foi submetido à análise de freqüência através do programa estatístico SPSS, versão 11. Para verificar possíveis associações entre variáveis utilizou-se o teste estatístico Qui-quadrado para análise de tabela de contingência e estabeleceu-se como nível de significância 5% (p

Endereço: http://vomer2.eefd.ufrj.br/~revista/index.php/EEFD/article/view/193

Tags:

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.