Percepção de Competência de Escolares de 5 a 9 Anos de Idade em Atividades Cotidianas

Por: A. C. A. Guimarães, C. S. Nunes, Glauber Carvalho Nobre, , Sabrina Fernandes e Zenite Machado.

XIV Congresso de Educação Física e Ciências do Desporto dos Países de Língua Portuguesa

Send to Kindle


Resumo

Objetivo:
O objetivo deste estudo é analisar a autopercepção do nível de habilidade de escolares de 5 a 9 anos de idade, em atividades de vida diária da criança e a percepção de seus pais e professores. O estudo foi realizado com 32 crianças, sendo 24 meninos (75%) e 8 meninas (25%), de Instituições da Grande Florianópolis.

Métodos e resultados:
O instrumento utilizado foi o Questionário Perceived Efficacy and Goal Setting System –  PEGS (Missiuna, Pollock e Law,2004). O estudo foi realizado em três etapas: preenchimento do formulário pelos pais, preenchimento do formulário pelos professores e formulário das crianças, sendo este último aplicado na forma de entrevista. Para análise dos resultados as questões foram categorizadas como: atividades de cuidados pessoais, atividades recreacionais e atividades em sala de aula. Os resultados mostram que tanto as crianças como pais e professores tiveram uma percepção positiva (acima de 79% em relação ao escore máximo) nas atividades de cuidados pessoais. Em atividades recreacionais a percepção positiva ficou acima de 80% na autopercepção das crianças e no julgamento dos pais e professores, enquanto que nas atividades de sala de aula a percepção de pais e professores foi mais crítica (79,57% e 74,67%, respectivamente).

Conclusão:
Conclui-se que as crianças, seus pais e professores percebem a criança como competente em suas atividades cotidianas, embora em graus diferenciados. Outra questão relevante é a possibilidade de crianças mesmo nesta faixa etária (5 a 9 anos) apresentarem respostas adequadas quando questionadas a respeito de suas atividades

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.