Percepção dos Idosos Quanto Aos Benefícios da Prática da Atividade Física: Um Estudo nos Pontos de Encontro Comunitário do Distrito Federal

Por: Alliny Michelly Santos Vale, Elias Rocha de Azevedo Filho, Elisângela Keylla Henrique Sales Araújo, éssica Thuane Cordeiro Silva, Isabelle Patriciá Freitas Soares Chariglione e Maria de Fátima Rodrigues dos Santos.

Revista Brasileira de Ciências do Esporte - v.41 - n.2 - 2019

Send to Kindle


Resumo

Este trabalho buscou avaliar, segundo as percepções dos idosos, como a prática da atividade física nos Pontos de Encontro Comunitário (PECs) do Distrito Federal proporciona alterações nos estados de humor, na socialização e na qualidade de vida de idosos a partir dos 60 anos. Este estudo do tipo quantitativo, transversal e descritivo foi feito com 119 idosos, com medidas sociodemográficas, de humor e referentes às atividades físicas, ao processo de socialização e à qualidade de vida, e concluiu que nessa amostra houve uma predominância do sexo masculino (51,3%), de sujeitos casados (61,3%) com aumento nas percepções quanto às medidas de qualidade de vida e baixos índices em quadros ansiogênicos mínimos (86%) e ausência de quadros depressivos (74,8%).

Endereço: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S0101-32892019000200142&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt

Tags: Nenhuma cadastrada :(

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.