Percepção dos Treinadores Sobre as Competências Profissionais em Função da Sua Formação e Experiência.

Por: Ana Sofia Figueiredo Santos e Isabel Ribeiro Mesquita.

Revista Brasileira de Cineantropometria & Desempenho Humano - v.12 - n.4 - 2010

Send to Kindle


Resumo

O objectivo deste estudo consistiu na análise da valorização percebida de competências profissionais em função da experiência profissional e da formação acadêmica de treinadores. A amostra foi constituída por 343 treinadores portugueses, oriundos de diferentes modalidades. A recolha dos dados foi garantida pela aplicação de um questionário após validação de construção e de conteúdo. Como procedimentos estatísticos, recorreu-se à análise factorial exploratória e à análise inferencial através do teste one-way ANOVA. Da análise das competências percebidas como importantes, resultaram 5 factores: planeamento; liderança e formação de treinadores; planeamento e orientação das competições; aspectos pessoais; e orientação do treino. Apesar de todas terem sido consideradas, no mínimo, com importância razoável, as relacionadas com o contexto da competição destacaram-se como as mais valorizadas. A experiência profissional e a formação académica apresentaram-se como factores diferenciadores da valorização atribuída às competências. Os treinadores com mais experiência concederam mais importância às competências relacionadas com o planeamento, à orientação do treino, à liderança e à formação de treinadores em relação aos treinadores pouco experientes. Os treinadores com formação superior valorizaram mais as competências de planeamento, liderança e formação de treinadores, orientação do treino e competências pessoais do que os treinadores com o 2º grau completo.


 

Endereço: https://periodicos.ufsc.br/index.php/rbcdh/article/view/1980-0037.2010v12n4p275

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.