Percepções de Profissionalismo no Futebol: o Desenvolvimento do Clube Atlético Paranaense

Por: José Carlos Mosko Luiz Alberto Pilatti.

IX Congresso Brasileiro de História do Esporte, Lazer e Educação Física CHELEF

Send to Kindle


Resumo

esporte é considerado atualmente como um excelente nicho de mercado para investimentos. Porém, no caso do futebol, principal esporte nacional, esta procura não tem se concretizado em negócios duradouros e lucrativos, devido a esta modalidade estar passando atualmente por uma tensão, causada pelo conflito entre as idéias do futebol-empresa e do modelo tradicional vigente no país. Na concepção do futebol-empresa, o esporte é visto como mercadoria a ser consumida, seja como espetáculo ou prática esportiva, seja na forma de produtos que carregam sua marca. Para obter esta configuração, exige-se das equipes de futebol administração profissional e responsabilidades com relação aos resultados comerciais obtidos, visando à obtenção do lucro. O modelo tradicional procura manter os clubes e federações dentro de um contexto de instituições não lucrativas e administradas por dirigentes eletivos. A comercialização neste último caso busca, teoricamente, apenas a sobrevivência destas instituições. Observa-se que o esporte moderno, dentro de uma perspectiva mercantilista, é algo presente e irreversível e que a volta aos tempos nostálgicos do amadorismo não condizem mais com a realidade competitiva do futebol de alto nível. A sobrevivência das equipes está diretamente relacionada com seu poder de capital, pois, a manutenção da sua presença nos principais torneios, depende cada vez mais de sólida estrutura, patrimonial e administrativa, investimentos em atletas e parcerias com instituições financiadoras. Identificando este fato, a pergunta a ser respondida nesta pesquisa é: como se deu o desenvolvimento do profissionalismo do futebol no Clube Atlético Paranaense, desde a
eleição do atual grupo gestor, ocorrida em 1995? Observa-se neste clube, a partir da segunda metade da década de noventa, o início de um processo de modernização, que incluiu um novo estádio, um centro de treinamentos de última geração e uma estratégia de marketing que envolveu, entre outras medidas, a reestilização de seu uniforme e seu escudo. Decidiu-se delimitar a pesquisa à gestão do Clube Atlético Paranaense porque este clube faz parte da chamada elite do futebol (é filiado do Clube dos Treze e participa da primeira divisão do campeonato brasileiro), abrangendo grande parte dos torcedores do estado do Paraná, consequentemente, influenciando uma quantidade considerável de consumidores e gerando um campo atrativo para a mercantilização de sua imagem e de seus produtos. Espera-se com esta pesquisa, a partir da situação do Clube Atlético Paranaense, fornecer subsídios para uma análise das atividades das equipes do futebol brasileiro, diante das grandes transformações que vêm ocorrendo na gestão deste esporte.

Endereço: http://cev.org.br/biblioteca/anais-do-ix-congresso-brasileiro-de-historia-do-esporte-lazer-e-educacao-fisica-chelef

Tags: Nenhuma cadastrada :(

Comentários


:-)





© 1996-2021 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.