Percursos Distintos de Homens e Mulheres na Formação Superior em Educação Física: Um Estudo de Caso a Partir das Alterações Curriculares dos 70 Anos de Esef/ufrgs

Por: , Ana Paula Pagliosa Bastos, Felipe Wachs, Humberto Luis de Cesaro e Rute Viégas Nunes.

Currículo sem fronteiras - v.14 - n.1 - 2014

Send to Kindle


Resumo

O artigo discute diferenças nos percursos de formação de homens e mulheres no ensino superior em educação física a partir das grades curriculares ao longo dos 70 anos de história da Escola de Educação Física da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. A partir do material analisado, foram identificados quatro períodos nos quais as distinções entre percursos de homens e mulheres passam por mudanças e adotam diferentes caracterizações. De forma longitudinal, foi possível visualizar uma gradativa diminuição nas distinções de percursos até a implantação da nova estrutura curricular em 2012, quando os caminhos trilhados por homens e mulheres se tornam os mesmos

Endereço: http://www.curriculosemfronteiras.org/vol14iss1articles/wachs-cesaro-bastos-nunes-fraga.htm

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.