Perfil de Crescimento de Praticantes de Ginástica Rítmica com Idade Média de 8 Anos

Por: Evandra Hein Mendes, Fabiane Kleinschmidt, Luciana de Souza, Sandra Kochepka e Vanessa Luísa Jangarelli.

Caderno de Educação Física e Esporte - v.5 - n.9 - 2003

Send to Kindle


Resumo

O nível dos resultados obtidos atualmente na GRD é tão elevado, que somente garotas que se dedicaram a esta atividade desportiva durante muitos anos são capazes de se aproximar desse nível ou até mesmo superálo. Nesta modalidade, se observa também, a precocidade dos resultados conquistados, sendo que, grandes resultados são obtidos com ginastas em faixas etárias cada vez mais baixas (LAFRANCHI, 2001). Segundo RÓBEVA e RÓBEVA na idade de 6 a 8 anos é possível atrair e prender a atenção das crianças, portanto, já é possível iniciar um trabalho de GRD. Neste sentido, serão consideradas as características de crescimento e desenvolvimento de meninas de 6 a 10 anos. O crescimento é uma característica dos seres vivos, e entre os jovens é um dos componentes do processo de desenvolvimento do ser humano que persiste até aproximadamente os 20 anos de idade. Machado Filho e Scheerman apud FARINATTI apud (1995) definem o crescimento como a função vital por meio da qual o organismo jovem aumenta em estatura e se diferencia do ponto de vista neurológico, morfológico, sexual e fisiológico. O impulso genético para crescer aliado ao estado de saúde normal, bem como da normalidade dos órgãos efetores, determina a multiplicação e a diferenciação das células, em função da nutrição e estimulação ambiental adequadas, de maneira que, o processo ocorra em condições homeostáticas (Cooper apud FARINATTI. 1995). apud CORSEUIL (1998), em revisão sobre o tema, verificou que as manifestações celulares, bioquímicas, biofísicas e morfogenéticas que apresentam a globalidade do processo de crescimento se efetivam de acordo com o plano genético herdado e sofrem modificações ocasionadas pelo ambiente, caracterizando a existência de dois grupos de fatores influentes: os fatores intrínsecos e extrínsecos. Os fatores intrínsecos (orgânicos ou individuais) estão centrados no sistema neuro-endócrino, no esqueleto e estrutura das células: os fatores extrínsecos (ambientais ou populacionais) abarcam toda a diversidade de características ambientais seus componentes físicos e psicossociais, bem como a nutrição, a atividade física e toda a estimulação bio-psico-social.

Endereço: http://e-revista.unioeste.br/index.php/cadernoedfisica/issue/view/247

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.