Perfil de Estado de Humor, Ansiedade-traço e Ansiedade-estado em Jovens Ginastas

Por: Patrícia Marques Barreto.

50 páginas. 2017 24/03/2017

Send to Kindle


Resumo

Os aspectos psicológicos no treinamento esportivo têm demonstrado grande relevância para o acúmulo de conhecimento sobre sua influência no contexto esportivo. O controle emocional é muito importante para o atleta e pode ser colocado como condição básica para o bom desempenho esportivo, especialmente nos momentos que antecedem a competição esportiva. O objetivo do presente trabalho foi avaliar e identificar os escores de referência do estado de humor, ansiedade-traço e ansiedade-estado, em atletas de Ginástica Artística, antes das competições. A amostra foi constituída por 80 ginastas do estado de São Paulo, todas do sexo feminino, com idade média de 13,2±2,1 anos, tempo de treino 6,48±2,67 anos, e de competição 5,3±2,5 anos. Os resultados obtidos para estado de humor apresentaram valores elevados para vigor e tensão 9±3,4 e 7±3,2 respectivamente. Em relação a ansiedade e autoconfiança, a maioria das participantes apresentou ansiedade traço classificada como média alta (47,5%), ansiedade-estado cognitiva (47,5%), somática (56,25%) e autoconfiança (43,75%) classificadas com médias. Quanto ao distúrbio total de humor (DTH) observou-se que 37 participantes (46,25%) foram classificados com elevado DTH.

Endereço: https://repositorio.unesp.br/handle/11449/150362

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.